29 de julho de 2020

Os Parlamentares debruçar-se-ão sobre o DEBATE DE URGÊNCIA, requeridos pelas Bancadas da nova maioria: eis a intervenção do Braima Camará, líder do MADEM G-15, durante a sessão parlamentar.


Bissau Última hora


Para já não tinha conhecimento do dossiê da suposta ou alegada privatização dos Armazéns do Povo, uma instituição do estado da Guiné-Bissau, que faz parte da nossa história de libertação, um edifício que faz e fez parte da economia desde país desde os tempos coloniais. Para um partido que diz defender os interesses do povo, do país que é a Guiné-Bissau, vender esse patrimônio do estado na calada da noite a um empresario, e depois o empresario aluga o mesmo edifício ao estado com uma tranche de entrada no valor de 1.2 Bilhões de XOF (fca) é deveras fora de orbita no que toca a corrupção, nepotismo e falta da ética na gerência da coisa pública.

1.2 Bilhões de francos, pagos por um edifício que pertence ao estado da Guiné-Bissau!!! Não tenho palavras........

Francisco Jose Gomes Fernandes

Sem comentários:

Publicar um comentário